24/06/2008

Viver a natureza


Remar. Começou como brincadeira, acabou virando paixão.
Horas e horas usufruindo o que a natureza nos oferece, é um privilégio que não dá pra ficar mais sem.
Por outro lado, existe uma grande responsabilidade em estar ali naquele paraíso e, ao mesmo tempo, contribuir para que tudo se preserve e nada se degenere.
Seguimos uma lei rígida que nos impusemos - Não interferir em nada no ambiente. Nada tiramos, nada deixamos.
Animal, planta, flor, pedra, nada é tocado.
Desse santuário, a única coisa que tiramos são as fotos e a energia maravilhosa que nos é oferecida.
Quando partimos, nada deixamos pra traz. Nenhum indício de nossa presença fica, a não ser alegria e orgulho de fazer parte dessa maravilha.